O que são os sistemas OT e como garantir sua segurança
O que é OT Security e como implementar na sua organização
Compartilhe:
Assine nossa newsletter

Fique por dentro das melhores notícias, eventos e lançamentos do mercado




    O que é OT Security e como implementar na sua organização

    Publicado em: 18 de janeiro de 2023

    Na segurança cibernética, os sistemas OT são preocupantes porque muitas vezes estão conectados à internet e vulneráveis a ciberataques.

    OT (Operational Technology) refere-se aos sistemas e equipamentos usados para controlar, monitorar e gerenciar processos industriais. Sistemas OT são encontrados em fábricas, indústrias, hospitais, centros logísticos, fazendas e outras infraestruturas críticas. Geralmente, estes incluem controladores lógicos programáveis, sistemas de controle de supervisão e aquisição de dados e outros tipos de equipamentos, usados para automatizar e gerenciar processos industriais.

    No contexto da segurança cibernética, os sistemas de OT são particularmente preocupantes. Isso porque muitas vezes estão conectados à internet, o que os torna vulneráveis a ataques cibernéticos . Hackers podem tentar comprometer os sistemas OT para interromper ou manipular processos industriais, o que pode ter sérias consequências. Além disso, danos físicos, perdas financeiras e até mesmo perda de vidas estão entre os riscos de um potencial ataque cibernético.

    A importância da implementação de medidas de segurança de OT (Tecnologia Operacional) nas organizações não pode ser minimizada. Estes sistemas desempenham um papel vital na operação de muitas organizações, por isso sua interrupção ou comprometimento pode ter sérias consequências.

    Assim, é essencial que as organizações implementem medidas robustas de segurança de OT para proteger esses sistemas contra ameaças cibernéticas. Isso inclui medidas como firewalls, detecção de intrusão e sistemas de prevenção, controles de acesso seguro e monitoramento e manutenção de segurança contínuos. Implementando essas medidas, as organizações podem prevenir ou mitigar os riscos de ataques a seus sistemas. Ou seja, podem ajudar a garantir a operação contínua e a confiabilidade da operação.

    Diferença entre segurança de OT e segurança de TI

    Segurança de OT e segurança de TI são dois tipos distintos de segurança cibernética, projetados para proteger diferentes tipos de sistemas e equipamentos. Ou seja, a principal diferença elas é justamente o tipo de sistemas e equipamentos que eles são projetados para proteger. A segurança de OT se concentra na proteção específica de sistemas e equipamentos industriais. Já a segurança de TI se concentra na proteção de sistemas e equipamentos de tecnologia da informação.

    Embora ambos sejam importantes, os riscos e as consequências de um ataque cibernético em sistemas de OT podem ser mais graves. Isso porque esses sistemas costumam ser críticos para a operação das organizações e podem ter sérias consequências se forem interrompidos ou comprometidos.

    Etapas para implementar a Segurança de OT

    Entre as várias etapas que as organizações podem seguir para implementar medidas de segurança de OT, destacamos aqui as 5 principais:

    1. Avalie os riscos: a primeira etapa na implementação da segurança de OT é avaliar os riscos para seus sistemas OT. Isso inclui identificar as possíveis ameaças e vulnerabilidades que podem afetar seus sistemas, além de mapear as possíveis consequências de um ataque cibernético .
    2. Desenvolva um plano de segurança: depois de identificar os riscos para seus sistemas de OT, a equipe responsável deve desenvolver um plano de segurança que descreva as medidas que serão tomadas para proteger esses sistemas.
    3. Implemente medidas de segurança: a próxima etapa é implementar, de fato, as medidas de segurança descritas em seu plano de segurança, colocando em prática os planos de ação e a tecnologia necessária.
    4. Teste e avalie: é importante testar e avaliar regularmente suas medidas de segurança de OT para garantir que sejam eficazes e atualizadas. Isso pode incluir, por exemplo, a realização de testes de penetração regulares e avaliações de vulnerabilidade.
    5. Treine e eduque os funcionários: finalmente, é essencial educar seus funcionários sobre a segurança de OT e o papel que eles desempenham na proteção de seus sistemas. Isso pode incluir treinamento sobre como identificar e relatar possíveis ameaças, bem como a importância de seguir protocolos e procedimentos de segurança.

    Perguntas-chave para entender se você tem segurança de OT

    Algumas perguntas que você pode fazer para entender se uma organização implementou medidas de segurança de OT:

    Ao fazer essas perguntas, você pode entender melhor as medidas que a organização implementou para proteger seus sistemas de OT. Além disso, também será possível perceber o nível de foco que ela coloca na segurança de OT.

    Terceirização da segurança de OT em sua organização

    É possível para as organizações terceirizar algumas ou todas as suas necessidades de segurança de OT. A terceirização da segurança de OT pode, por exemplo, fornecer às organizações acesso a conhecimentos e recursos especializados que talvez não tenham internamente. Com isso, a empresa libera recursos e tempo para que suas equipes se concentrem em suas principais operações de negócios.

    No geral, a terceirização da segurança de OT pode fornecer às organizações muitas vantagens. Alguns exemplos são o acesso a conhecimentos e recursos especializados, economia de custos, postura de segurança aprimorada e conformidade regulamentar.

    Vantagens de terceirizar a segurança dos sistemas OT

    1. Acesso a conhecimentos especializados: a terceirização da segurança de OT pode fornecer às organizações acesso a conhecimentos e recursos especializado. Isso pode ser particularmente útil para organizações que não possuem uma equipe de segurança cibernética dedicada ou que não tenham as habilidades e conhecimentos necessários para proteger com eficácia seus sistemas de OT.
    2. Economia de custos: terceirizar a segurança de OT pode ser mais econômico do que construir e manter uma equipe de segurança interna. Com isso, pequenas e médias empresas que não têm orçamento para contratar e treinar uma equipe podem, ainda assim, ter acesso à estrutura de segurança OT.
    3. Postura de segurança aprimorada: trabalhar com um provedor de segurança de OT experiente e respeitável pode ajudar as organizações a melhorar sua postura de segurança e, com isso, reduzir o risco de um ataque cibernético. Isso pode ser particularmente importante para organizações que dependem de sistemas de OT para operações e processos críticos.
    4. Conformidade regulamentar: muitas organizações podem estar sujeitas a requisitos regulamentares relacionados à segurança de OT, como por exemplo os relacionados à proteção de infraestrutura crítica. A terceirização da segurança de OT pode ajudar as organizações a garantir que estejam em conformidade com esses requisitos e evitar possíveis multas e penalidades.

    A Protiviti Brasil presta serviços gerenciados de segurança de OT nas organizações por meio do seu time de cibersegurança. Com isso, as organizações têm acesso a conhecimento e expertise global da empresa, com escritórios espalhados mundialmente.

    Softwares de segurança de OT

    Um software de segurança de OT desempenha um papel vital em ajudar as organizações a proteger seus sistemas de OT contra ameaças cibernéticas. Um software de segurança de OT pode ajudar, por exemplo, a:

    1. Proteger-se contra ameaças cibernéticas: o software de segurança de OT pode ajudar a proteger contra uma ampla gama de ameaças cibernéticas, incluindo malware, ransomware e outros tipos de ataques que podem interromper ou comprometer sistemas críticos.
    2. Monitorar a atividade da rede: o software de segurança de OT pode monitorar a atividade da rede em tempo real e alertar as organizações sobre qualquer atividade suspeita ou maliciosa.
    3. Automatizar os processos de segurança: o software de segurança de OT pode automatizar muitos processos de segurança, como gerenciamento de patches e atualizações de segurança, o que pode ajudar as organizações a economizar tempo e recursos. Isso pode ser particularmente útil para organizações com redes OT grandes e complexas.
    4. Melhorar a conformidade: o software de segurança de OT pode ajudar as organizações a cumprir os regulamentos e padrões do setor, como os relacionados à proteção de infraestrutura crítica.
    5. Aumentar a visibilidade: o software de segurança de OT pode fornecer às organizações visibilidade de seus sistemas e redes OT, permitindo identificar vulnerabilidades.

    No geral, o software de segurança de OT pode desempenhar um papel vital para proteger sistemas de OT, por exemplo, contra ameaças cibernéticas. Dessa forma, é possível garantir a confiabilidade e a segurança contínuas de sistemas e infraestrutura críticos.

    A Protiviti usa o software Claroty, líder de mercado em segurança de OT e utilizado mundialmente por milhares de organizações. Os produtos e serviços da Claroty são projetados para proteger redes e sistemas industriais contra ameaças cibernéticas. As ameaças mapeadas incluem malware, ransomware e outros tipos de ataques que possam interromper ou comprometer a infraestrutura crítica.

    Compartilhe:

    Publicações relacionadas

    Além das senhas: como a autenticação reforça a postura de Segurança Cibernética

    24 de maio de 2024

    É indispensável reconhecer e mitigar os riscos associados à autenticação fraca na proteção das informações e ativos das organizações.

    Leia mais

    SOC: quem são os profissionais super-heróis invisíveis do mundo cibernético?

    2 de fevereiro de 2024

    O cenário de segurança cibernética está em constante evolução e as organizações precisam estar preparadas para enfrentar ameaças cada vez mais sofisticadas. Nesse contexto, o SOC (Security Operations Center) tem desempenhado um papel vital na defesa contra essas ameaças. Nesse contexto, o SOC agora utiliza de ferramentas avançadas de detecção de ameaças emergentes, como ataques […]

    Leia mais

    Gerenciamento de Projetos: o papel do PMO (Project Management Office)

    26 de janeiro de 2024

    Um PMO bem estruturado apoiando o trabalho dos GPs permite projetos mais bem planejados e conduzidos. Saiba mais.

    Leia mais

    Cibersegurança: medidas para empresas e órgãos reguladores atuarem em casos críticos 

    15 de janeiro de 2024

    Ataques cibernéticos, como o ransomware, não são problemas técnicos, mas uma preocupação para os reguladores de cibersegurança do mundo. 

    Leia mais